BIG LIST OF WEBSITES

List of Top Websites on Gritando

Top 250 Websites on GRITANDO

Download the Top 250 Websites to PDF

Last updated on Aug 1 2020.
Here are the best websites we found: gritosdesesperadosensantiago.blogspot.com • gritandoenblogbaja.wordpress.com • gritosdesesperadosensantiago.blogspot.cl • gritosdesesperadosensantiago.blogspot.com • lloronasgritando.com • lloronasgritando.com • darmenton.wordpress.com • gritandokaos.blogspot.com • gritandokaos.blogspot.com.ar

Press CTRL-D to bookmark this list - BigListofWebsites.com
Rank
Url
Preview
Tags
Score
Gritando con furia en Santiago
Alexa Rank
1,000,001
GRITANDO EN BLOG BAJA | Blog del Área de Salud Mental Fundación Rey Ardid. Blog del Área de Salud Mental Fundación Rey Ardid
Alexa Rank
1,000,001
Gritando con furia en Santiago
Alexa Rank
1,000,001
Gritando con furia en Santiago
Alexa Rank
1,000,001
Lloronas Gritando. Pendejas lloronas gritando mientras las desvirgan sin piedad. Sexo brutal con putas lloronas.
Alexa Rank
1,000,001
Lloronas Gritando. Pendejas lloronas gritando mientras las desvirgan sin piedad. Sexo brutal con putas lloronas.
Alexa Rank
1,000,001
Re Evolución | Gritando verdades. Gritando verdades
Alexa Rank
1,000,001
GRITANDO KAOS!
Alexa Rank
1,000,001
GRITANDO KAOS!
Alexa Rank
1,000,001
GRITANDO KAOS!
Alexa Rank
1,000,001
GRITANDO KAOS!
Alexa Rank
1,000,001
Gritando En Silencio
Alexa Rank
1,000,001
GRITANDO KAOS!
Alexa Rank
1,000,001
Gritos Violetas de la maternidad | Desde el corazón violeta, gritando la furia de la mujer guerrera !!!. Desde el corazón violeta, gritando la furia de la mujer guerrera !!!
Alexa Rank
1,000,001
A coisa é pessoal... | Memórias fantasiosas de uma vida pseudo-paranóica ou apenas mais um blog gritando para não ser escutado.. Memórias fantasiosas de uma vida pseudo-paranóica ou apenas mais um blog gritando para não ser escutado.
Alexa Rank
1,000,001
your eyes me están gritando. a veces, sólo necesitamos que alguien confíe en nosotros
Alexa Rank
1,000,001
.-~*''¨¯¨''*·~-.¸-(_ ( Contos Eróticos ) _)-,.-~*''¨¯¨''*·~-.¸,Eu e o sobrinho do meu marido ultimo encontro, Casada no cio contos eróticos, Contos eróticos com vídeos de sexo, Contos eróticos com imagens de sexo, relatos de mulher casada, Contos eróticos de sexo com primo, Contos eróticos de sexo sobrinho, Contos eróticos de sexo com prima gostosa, Contos eróticos de sexo em família, Contos eróticos de incesto, Contos eróticos de insesto, encesto, incesto contos eroticos grtis, relatos eroticos de estupros, contos eroticos de estupros, contos estupros, contos eróticos de estupros, Fotos e Vídeos mulheres sendo estupradas, contos eroticos pegando ninfeta a força, Contos eróticos Marcelinha, relatos eróticos Marcelinha, relatos eróticos de sexo, relatos eróticos verdadeiros, contos eróticos com imagens de sexo, Historias quadrinhos eroticos de sexo, Eu estava em casa era uma tarde ensolarada aquele calor imenso e depois do almoço me deitei, Minha sogra tinha saído, meu filho estava na escola e eu sozinha em casa, Antes coloquei minha camisola preta transparente e sem calcinha, E fui deitar na cama, Eu estava deitada com a bundinha para cima, aquela camisola era preta bem transparente dava pra ver bem os contornos do meu corpo, estava para ver a formato da minha bundinha por traz, dava para ver a polpinha da minha bundinha, Foi que peguei no sono me acordei com a sensação que alguém estava me tocando, achava que estivesse tendo um sonho, Mas uma mão me alisava a bundinha por baixo da camisola transparente....sentia aquela mão áspera, forte, firme tocando meu corpo, Naquele momento pensei que pudesse ser um estranho, mas ele começou a beijar minha nuca e sentia que já conhecia aquela respiração, Era ele o sobrinho do meu marido que estava em minha casa, E não era um sonho como eu pensava, Virei o rosto tentando olhar para traz mas ele não deitava quase deitado sobre meu corpo sentia o pau dele duro enrijecido sobre mim, Levantava minha camisola e beijava minha bundinha passava a lingua nela toda, lambia chupava, mordia a polpinha, e enfim abriu minha bundinha e lambeu meu cuzinho sentia aquela língua quente chupando bem gostoso meu cuzinho por uns 3 minutos, Então consegui me virar...e falei não vamos acabar com isso não quero mais quase gritando, E ele porque gosto tanto de meter com você minha putinha, Falei Agora chega,não quero mais, Ele num desejo incontrolável abriu o zíper da calca rapidamente e foi tirando a calça e tirou o cacete enorme para fora, Falou chupa amor do jeito que só você sabe fazer então me recusei, Ai ele pegou meus cabelos e forçou contra teu pau e esfregando minha cara na pika dele mas não abri a boca de jeito algum, Aí como ele viu que não ia chupar ele me empurrou na cama, E falou já que você quer parar então pelo menos a ultima vez vai ter nem que seja quer ser assim, Me jogou na cama e empurrando, Abriu minhas pernas com força, Eu falando não pare, Empurrando o peito dele, E ele estava tão excitado que não me ouvia, Enfiou teu cacete todo na minha xaninha, no começo doeu soltei um gritinho aiiii pois não estava lubrificada o suficiente, E foi dando estocadas forte beijando meu pescoço, chupando e falando no meu ouvido ai que bocetinha gostosa que não quero acreditar que è a ultima vez que vou comer ela, E fodia.. minha boceta e eu estava sendo possuída a força era uma sensação de dor e prazer, E bombava sentia o cacete dele entrando cada vez mais sentia cada vez mais rápido as bombadas, E me segurou por traz e levantou minha pernas de ladinho e continuou bombando enquanto alisava o meu grelinho sentia o pau duro dele entrando e saindo da minha boceta, ate que não agüentei e gozei no pau dele, deixando o pau todo melado e ele continuava a me foder parecia que não queria parar mais não sei onde ele achava tanto fôlego, E me xingava ai minha putinha sei que você ta gostando de ser pega a forca, senti meu pau na tua boceta, bombando forte você já deixou ele melado aqui enquanto ele mordia minha orelha, Então ele queria mudar de posição sentou e me segurava pelo braço eu querendo parar mas não estava dizendo me solta e aiAi me sentou no seu colo e falou vem sentada com a bundinha no meu pau, E apontou a cabecinha do cacete na entradinha do meu cuzinho e foi entrando devagarzinho, Ele falava isso senta com essa bunda gostosa no meu pau minha vadia, E sentei no cacete todo e ele falava agora pula no meu colinho pula ou a gente vai ficar o dia inteiro aqui, Então para acabar logo com isso o obedeci comecei pular no colinho dele sentia o pau dele todo dentro do eu cuzinho e eu sentando pulando e gemendo, aiii ele isso que cuzinho apertado cavalga minha putinha, E pulava no cacete dele e ele falou agora de frente vem, Sentei de frente e continuava cavalgando e ele segurando minha bunda ajudando ela subir e descer no pau dele sentia até as bolas encostarem na minha bunda o pau dele sumia dentro do meu cuzinho enquanto o cavalgava o pau dele ele me beijava a força hora chupava meus peitinhos, E estava sendo possuída praticamente a força, Ele parecia não querer mais parar bombava cada vez mais me ajudava a cavalgar segurando minha bunda, Até que falou ai minha putinha gostosa vou encher teu cuzinho de porra pula mais vai agora pula minha vagabunda, E gritou haaaaaa vou gozar huuuuu, E quando ele falou isso que eu pulava mais ainda até ele terminar de gozar, Então desci do pau dele abaixei minha camisola, E ele perguntou e ai..tem certeza que não quer mais que eu apareça aqui, Eu disse que sim, Então ele ainda me pegou a força meu deu um beijo forçado, E se arrumou e foi embora.
Alexa Rank
1,000,001
Noticias - Gritando en Silencio
Alexa Rank
1,000,001
.-~*''¨¯¨''*·~-.¸-(_ ( Contos Eróticos ) _)-,.-~*''¨¯¨''*·~-.¸,Eu e o sobrinho do meu marido ultimo encontro, Casada no cio contos eróticos, Contos eróticos com vídeos de sexo, Contos eróticos com imagens de sexo, relatos de mulher casada, Contos eróticos de sexo com primo, Contos eróticos de sexo sobrinho, Contos eróticos de sexo com prima gostosa, Contos eróticos de sexo em família, Contos eróticos de incesto, Contos eróticos de insesto, encesto, incesto contos eroticos grtis, relatos eroticos de estupros, contos eroticos de estupros, contos estupros, contos eróticos de estupros, Fotos e Vídeos mulheres sendo estupradas, contos eroticos pegando ninfeta a força, Contos eróticos Marcelinha, relatos eróticos Marcelinha, relatos eróticos de sexo, relatos eróticos verdadeiros, contos eróticos com imagens de sexo, Historias quadrinhos eroticos de sexo, Eu estava em casa era uma tarde ensolarada aquele calor imenso e depois do almoço me deitei, Minha sogra tinha saído, meu filho estava na escola e eu sozinha em casa, Antes coloquei minha camisola preta transparente e sem calcinha, E fui deitar na cama, Eu estava deitada com a bundinha para cima, aquela camisola era preta bem transparente dava pra ver bem os contornos do meu corpo, estava para ver a formato da minha bundinha por traz, dava para ver a polpinha da minha bundinha, Foi que peguei no sono me acordei com a sensação que alguém estava me tocando, achava que estivesse tendo um sonho, Mas uma mão me alisava a bundinha por baixo da camisola transparente....sentia aquela mão áspera, forte, firme tocando meu corpo, Naquele momento pensei que pudesse ser um estranho, mas ele começou a beijar minha nuca e sentia que já conhecia aquela respiração, Era ele o sobrinho do meu marido que estava em minha casa, E não era um sonho como eu pensava, Virei o rosto tentando olhar para traz mas ele não deitava quase deitado sobre meu corpo sentia o pau dele duro enrijecido sobre mim, Levantava minha camisola e beijava minha bundinha passava a lingua nela toda, lambia chupava, mordia a polpinha, e enfim abriu minha bundinha e lambeu meu cuzinho sentia aquela língua quente chupando bem gostoso meu cuzinho por uns 3 minutos, Então consegui me virar...e falei não vamos acabar com isso não quero mais quase gritando, E ele porque gosto tanto de meter com você minha putinha, Falei Agora chega,não quero mais, Ele num desejo incontrolável abriu o zíper da calca rapidamente e foi tirando a calça e tirou o cacete enorme para fora, Falou chupa amor do jeito que só você sabe fazer então me recusei, Ai ele pegou meus cabelos e forçou contra teu pau e esfregando minha cara na pika dele mas não abri a boca de jeito algum, Aí como ele viu que não ia chupar ele me empurrou na cama, E falou já que você quer parar então pelo menos a ultima vez vai ter nem que seja quer ser assim, Me jogou na cama e empurrando, Abriu minhas pernas com força, Eu falando não pare, Empurrando o peito dele, E ele estava tão excitado que não me ouvia, Enfiou teu cacete todo na minha xaninha, no começo doeu soltei um gritinho aiiii pois não estava lubrificada o suficiente, E foi dando estocadas forte beijando meu pescoço, chupando e falando no meu ouvido ai que bocetinha gostosa que não quero acreditar que è a ultima vez que vou comer ela, E fodia.. minha boceta e eu estava sendo possuída a força era uma sensação de dor e prazer, E bombava sentia o cacete dele entrando cada vez mais sentia cada vez mais rápido as bombadas, E me segurou por traz e levantou minha pernas de ladinho e continuou bombando enquanto alisava o meu grelinho sentia o pau duro dele entrando e saindo da minha boceta, ate que não agüentei e gozei no pau dele, deixando o pau todo melado e ele continuava a me foder parecia que não queria parar mais não sei onde ele achava tanto fôlego, E me xingava ai minha putinha sei que você ta gostando de ser pega a forca, senti meu pau na tua boceta, bombando forte você já deixou ele melado aqui enquanto ele mordia minha orelha, Então ele queria mudar de posição sentou e me segurava pelo braço eu querendo parar mas não estava dizendo me solta e aiAi me sentou no seu colo e falou vem sentada com a bundinha no meu pau, E apontou a cabecinha do cacete na entradinha do meu cuzinho e foi entrando devagarzinho, Ele falava isso senta com essa bunda gostosa no meu pau minha vadia, E sentei no cacete todo e ele falava agora pula no meu colinho pula ou a gente vai ficar o dia inteiro aqui, Então para acabar logo com isso o obedeci comecei pular no colinho dele sentia o pau dele todo dentro do eu cuzinho e eu sentando pulando e gemendo, aiii ele isso que cuzinho apertado cavalga minha putinha, E pulava no cacete dele e ele falou agora de frente vem, Sentei de frente e continuava cavalgando e ele segurando minha bunda ajudando ela subir e descer no pau dele sentia até as bolas encostarem na minha bunda o pau dele sumia dentro do meu cuzinho enquanto o cavalgava o pau dele ele me beijava a força hora chupava meus peitinhos, E estava sendo possuída praticamente a força, Ele parecia não querer mais parar bombava cada vez mais me ajudava a cavalgar segurando minha bunda, Até que falou ai minha putinha gostosa vou encher teu cuzinho de porra pula mais vai agora pula minha vagabunda, E gritou haaaaaa vou gozar huuuuu, E quando ele falou isso que eu pulava mais ainda até ele terminar de gozar, Então desci do pau dele abaixei minha camisola, E ele perguntou e ai..tem certeza que não quer mais que eu apareça aqui, Eu disse que sim, Então ele ainda me pegou a força meu deu um beijo forçado, E se arrumou e foi embora.
Alexa Rank
1,000,001
Videos pornô grátis – xxxota.com | Melhor website porno 2017 – Todos os videos são retirados da internet. xxxota - Melhor site porno gratuito - lesbicas gostosas - gays - negras - loiras - ruivas - sexo a 3 - gosando muito - gemendo de tesao - lesbicas loucas de tesao - masoquista - sexo violento - porn tube - videos porno gratis - porno gostoso - sexo gostoso - boquete - sexo a 4 - suruba - swing entre casais - lesbicas loucas gritando de tesao - xxxota.com - só aqui você encontra toda categoria de porno. Não toleramos pornografia ilegal.
Alexa Rank
1,000,001
Youtube. Gritando al mundo desde el sagrado corazón de Jesucristo
Alexa Rank
1,000,001
Youtube. Gritando al mundo desde el sagrado corazón de Jesucristo
Alexa Rank
1,000,001
Loro loro. Loro gritando Mi loro se puso a gritar. ¿Qué puedo hacer?: Los niveles de ruido y gritos son razones comunes para loros se queden sin hogar. → 5 razones de que su ave puede estar gritando: Un problema común en el comportamiento de loros está gritando. → Detener su loro está gritando con "Auto calmante":…
Alexa Rank
1,000,001
Dani Nobile | Por uma vida saudável sobre rodas!. Sabe quando você sonha com uma coisa por muitos e muitos anos? Aí o tempo vai passando e você nunca sabe quando você realizar.. chega até a duvidar e pensar "se". Essa era eu com a Maratona de Nova York. Pra quem ainda não conhece minha história, por 5 anos eu corri com as pernas antes de sofrer o acidente que me causou a lesão medular. Por 5 anos eu fiz provas de 5km, 10km e 6 ou 7 Meias Maratonas (21km). Sonhava em correr maratona e estava treinando pra isso! Depois de umas 2 ou 3 maratonas, eu queria correr a Maratona das Maratonas em Nova York. Aí, entrei no liquidificador (capotamento de carro) e saí de lá sem perspectiva alguma de correr com as pernas novamente (mas eu não desisti disso, gente!). [Além dos textos do arquivo do blog, desde janeiro de 2013, você pode ler meu primeiro texto sobre o acidente Após 1 ano e 4 meses do acidente, corri minha primeira Meia Maratona com uma adaptação de handbike. (Leia sobre essa prova aqui: Depois de alguns meses, ganhei dos meus amigos uma handbike de ferro, modelo nacional, e corri a primeira meia com ela. (Leia sobre essa prova aqui Em 2016 eu finalmente realizei o sonho de correr uma maratona. Fui maratonista pela primeira vez com a handbike. (Leia sobre essa prova aqui Em 2018 fui novamente maratonista pela primeira vez com a cadeira de corrida. (Leia sobre a Maratona da Disney aqui ) Em abril, em um evento que eu fui palestrar, conheci o pessoal da Travel Run. Conversa vai, conversa vem, mencionei a eles sobre meu desejo de correr a maratona de Nova York. Então eu ouvi a notícia: "me mande um email, contando sua história, que nós vamos enviar pra organização da prova e pedir autorização pra te inscrever". Aqui, farei uma confissão. No decorrer desses 6 anos como cadeirante, ouvi muitas e muitas promessas que não foram cumpridas. Ouvi que ia ganhar handbike, que ia ganhar cadeira de corrida, que teria patrocínio, cheguei a ouvir que se eu fizesse fisioterapia em tal lugar pagando vários mil reais por mês, voltaria a andar em.6 meses. Eu me iludia e criava muitas expectativas, que eram depois frustradas pois as promessas não se cumpriam. Assim, enviei o email pra TravelRun do mesmo jeito que envio pra todo lugar hoje em dia: boto fé, torço muito pra que dê certo, mas não conto com o ovo dentro da galinha pq... vai que ela não bota o ovo, ne?! Qual não foi a minha surpresa, semanas depois, quando eu estava entrando na piscina pra treinar em Ribeirão, e recebi uma ligação. Era da TravelRun. Eles não só conseguiram realizar minha inscrição pra Maratona de Nova York, como me dariam a inscrição de presente! Chorei igual bebezinho e liguei pro boy, que estava em Porto Alegre. Lógico que ele disse "então vou me inscrever também". 2018 foi um ano complicado financeiramente pra nós. Então tínhamos que apertar os cintos pra conseguir arcar com os custos da viagem.Tive que desistir de algumas provas pra guardar o dindin e realizar meu sonho. Como eu estava programando ser a primeira mulher cadeirante a fazer o Meio Iron Man (70.3) no Brasil, meu treino seria focado no meio Iron (que eu planejava fazer em agosto) e após isso focar nos treinos pra fazer a Maratona com a cadeira de corrida.Mas, contudo, entretando, todavia, nem tudo é como a gente planeja, ne?! Quando a data do Iron Man foi se aproximando, eu não tinha dinheiro suficiente pra arcar com os custos da prova. Surgiu também o convite pra ser entrevistada pro Esporte Espetacular. Assim que souberam dos meus planos sobre o 70.3, disseram que gostariam de acrescentar à entrevista o Meio Iron. Assim, todas as circunstâncias me fizeram mudar a data do IronMan pra novembro. Mesmo mês da maratona de Nova York! A maratona era dia 4 e o Meio Iron dia 26. Como o ciclismo é minha pior modalidade das 3 no triathlon, eu tinha que focar nisso. Assim, minha ideia de passar 3 meses focada única e exclusivamente nos treinos pra maratona de NY.. foram por água abaixo! Como o Meio Iron seria muito mais difícil, eu focaria nos treinos de pedal e na corrida, daria meu melhor sem ser a prioridade.Mesmo assim, treinei bastante. Chegava a fazer 2 treinos de 20km durante a semana (pois o fds era pro longo de handbike).Meu tempo na corrida melhorou, eu terminava os treinos bem menos cansada, ou seja, estava melhor preparada. Mas fiz uma cagada homérica. E aqui fica a primeira dica de treino pra quem vai correr NY: treine subida! Eu não treinei (que anta!). E aí, a data da prova, que parecia tão distante.. chegou! Eu recebi um grant da CAF pra pagar a minha passagem pra NY. Assim, fomos primeiro pra San Diego (na Califórnia), onde eu pedalei no palco num evento de arrecadação de fundos pra CAF. Se eles me ajudaram, o mínimo que eu tinha que fazer era retribuir. De San Diego (bem calorzinho e gostosinho), fomos pra NY, onde estava um congelante clima com muito vento e temperatura entre 4° e 8°. A primeira coisa que fizemos no dia que chegamos foi ver a linha de chegada da prova, que já estava montada no Central.Park. Os metros finais da prova são circundados por 2 fileiras (uma de cada lado) com todas as bandeiras dos países de onde veio algum corredor fazer a prova. E aí tem o pórtico da chegada. E eu olhei pra ele e desatei a chorar. Eu nem acreditava que dali uns dias, eu finalmente passaria nesse pórtico! A segunda coisa foi treinar no Central Park. Sabe aquele sonho que vc tem, qdo vê os filmes de hollywood, o povo "tudo" correndo no glamour?! Então.. não vi glamour, mas vi subida! Hahahha Como eu e o boy corremos em ritmos diferentes (obviamente), decidimos ir cada um por si e fazer 5km. Eis que estava eu correndo, quando tinha uma bifurcação. Pensei "se eu for por ali, vou voltar muito rápido e nem vai dar 5km. Vou por aqui". E aí, tinha um lago lindo, uma casinha la no fundo, as árvores, os pássaros.. e a idiota foi descendo, descendo... Mano do céu, da terra, do ar e do mar! Agora eu tinha uns 2,5km da subida do Everest pra poder voltar. Como tava frio, saímos do hotel cheios de blusa. Assim que comecei a subida, eu fazia tanta força, e por transpirar, comecei a ferver. Parei a cadeira e fui arrancando tudo. O povo me olhava esquisito, pq aquele friozão e a doida aqui de top!. Mandei minha localização em tempo real pro boy e ele ria e perguntava pelo whatsapp "como vc foi parar aí?" Depois da subida, decidi ir pela ciclovia de fora do parque. Mas um pedaço tava fechado por causa da estrutura da prova e eu não sabia como sair dali. Ainda bem que no mundo tem bons samaritanos. Veio um chefão da estrutura, me botou pra dentro das grades, me empurrou por cima de todos aqueles fios e cabos pra cortar caminho e me ensinou como chegar até o boy. A retirada do kit da Maratona de NY é uma coisa grandiosa. Muita gente trabalhando, uma estrutura gigantesca pra retirar o número. Tem até local pra vc experimentar a camiseta da prova e pegar a do tamanho certo pra vc. Quando você pensa que acabou, entra na "lojinha" da prova. E ali você se finge de cego ou estoura o cartào de crédito, pq as roupas oficiais ou temáticas da New Balance são muito legais! Depois que você paga e acha que está a salvo pois conseguiu gastar pouco..entra na parte não oficial da feira, onde há roupas, comidas, suplementos, pacotes de fotos, de viagem, e todo tipo de coisa dos patrocinadores ou expositores. Algumas coisas valem muito a pena, pelo valor que a gente paga, como Gel de carboidrato, por exemplo. Para os cadeirantes, a organização oferece um serviço importantíssimo: na véspera da prova você leva sua cadeira de corrida ou handbike (ou triciclo, para o caso de quem empurra a criança) nos caminhões da organização. Eles levam seu material de prova pra largada e você não precisa se preocupar se vai ter taxi no dia, se vão aceitar leva sua cadeira pra prova, se vai caber, se você não vai levar o cano e ficar na mão, se vai chegar atrasado na largada porque não achou transporte.. eles já tem uma lista com seu nome e número. Eles etiquetam sua cadeira de corrida/handbike antes de colocar no caminhão, e etiquetam sua cadeira de uso diário, pra que possam pegá-la na largada e te entregar na chegada, junto com seus pertences (mochila, casaco, o que você resolver amarrar na cadeira). Isso é maravilhoso demais e foi minha primeira experiência em prova onde tivemos esse suporte. Eu e o boy não conseguimos deitar tão cedo quanto gostaríamos, mas tivemos que acordar mega cedo! A largada da prova é em Coney Island, mas a chegada é em Manhatan. Todo mundo costuma ficar hospedado em Manhantan e há 2 jeitos de ir pra largada: os ónibus da organização ou um ônibus fretado incluso no seu pacote de viagem. Pra nossa sorte, a TravelRun um tinha ônibus fretado que sairia da porta do hotel, bem.como bananas, água e barras de cereais para o café da manhã (muitos hotéis nos EUA não oferecem café da manhã. O nosso oferecia, mas não às 3h30 da manhã!). Chegando ao local da largada, passamos por revista policial (o que acho super importante pra nossa segurança) e fomos procurar o "curral de largada" dos deficientes. Para todos os corredores, a organização oferecia café, leite e chá à vontade, bem como bagels e bananas. O curral dos deficientes era imenso! Muitas e muitas handbikes e algumas cadeiras de corrida. Importante salientar que ali estavam os amadores. Os corredores de cadeira da Elite já tinham largado (e entre eles temos Aline Rocha, a melhor corredora de cadeira do Brasil). Há voluntários pra separar os cadeirantes, as handbikes (largamos separadamente pra segurança de todos) e os amputados e deficientes visuais (que largaram 1h depois). Passei pra cadeira de corrida, o boy me ajudou a arrumar minhas "comidas" e água. Me despedi dele, da Adriele e do Fábio, que largariam 1h depois de mim. Ao sairmos do curral pra nos dirigir à largada, as palmas e o apoio dos demais corredores já começa. Quando começamos a subir a ladeira da largada, ouço a voz de Frank Sinatra cantando "New York, New York" e desabei a chorar. A gente tremia de frio aguardando o tiro de largada. Apesar de estar 8° e sol, a promessa era de chegar a 12° durante a prova, então eu tava só com um blusa por baixo do uniforme. Mas estávamos em cima da ponte e ventava MUITO! 3, 2, 1... largamos! E já começa com 1km de subida! Ô beleza! Aí veio um Pinocchio, voluntário e me disse "já fiz essa prova 14 vezes. Essa é a pior subida". Ele disse isso só pra me animar. O visual de cima da ponte é muito incrível! E a descida de quase 2km oferece um respiro pros braços, apesar do medo que fiquei pois é bem íngreme. Desci freando. Mais uma curva aqui, outra li e avisto as primeiras pessoas da torcida. Escuto "Welcome to Brooklin, my dear". Aí caiu a minha ficha: eu estava mesmo correndo a maratona de NY! Comecei a chorar muito, muito! Dali pra frente, tem torcida praticamente o tempo inteiro e eh decidi me divertir na prova. Eu erguia uma das mãos pra cima e gritava. Aí o público enlouquecia e gritava mais! Eu estava me divertindo, mas bastante preocupada com a minha cadeira. Como o asfalto chacoalhava muito, a cadeira trepidava e elas estava andando muito torta. Eu estava gastando muita energia pra botá-la o tempo todo na direçào certa. Até o km 18 foi só festa. Ali, porém, o parafuso que segura o pistão da cadeira, e permite que eu faça curvas, soltou e caiu no chão. Isso me deixa desgovernada. Eu fiquei desesperada, comecei a chorar e tive medo que minha prova tivesse terminado ali. Porém, pedi ajuda pra torcedores e um voluntário que passava. Nessa hora eu desesperei várias pessoas que me acompanharam pelo app. Só vi as mensagens depois que terminei e quero pedir desculpas por preocupar vocês... Depois de 15 minutos parada, pude continuar a prova. A cadeira voltou a fazer curvas, mas ficou torta o resto da prova. Mesmo abalada, fui indo. Voltei a brincar com a torcida como fiz em todos os km anteriores, pra me distrair do momento horrível. Afinal eu estava ali pra me divertir. Fui assim até o km21. Porém, do 22 ao 24 é uma subida da morte, onde encontrei Jesus. É muito íngreme. Subindo com os braços, parece que não vai ter fim! E não tem torcida nessa hora pra ajudar. Eu pensava "que dia lindo, que árvore linda. Jesus, me ajuda! Olha o barquinho la embaixo. Socorro, Deus." Hahaha Até ali, fui sozinha na rua. No km28 a gente encontra com a multidão dos atletas e ali começou a ficar difícil. O pessoal usa fones de ouvido nas duas orelhas e coloca muito alto. Simplesmente não escutam a gente pedir licença. Eu tinha que frear toda hora, seja em retas, descidas e até em subidas, pois o pessoal acha que não vai trombar e colocam o pé bem na frente da nossa roda. Também nâã conseguia beber água nos postos pois os atletas andantes não me deixavam passar eu não podia atropelar ninguém. No km30 parei pra tirar a blusa de frio (como não transpiro, mesmo estando 8°, comecei a ferver nas subidas e passar mal) e pensei "como vou continuar essa prova agora? Eu to é morta!". Fui com a cabeça, com o coração e com a torcida. Minha prova foi um misto de concentração e alegria. No km35 fui salva por um torcedor que me ofereceu água. Bebi e joguei na cabeça. Isso me deu um gás. Dali pra frente, além de gritar pras pessoas e erguer uma das mãos quando podia, eu batia a mão em todas as mãos de criancinhas e em todos os cartazes que eu podia. Mas eram muitos Hi5 pra uma pessoa só. Foto Fernanda Paradizzo No km 38, já no Central Park, uma corredora convencional com fones de ouvido não me ouviu gritar desesperada e não ouviu a multidão gritando pra ela sair. Eu tava a 18km/h freando na descida e ela me derrubou. Caí no chão, bati o ombro, ralei o braço, bati a cabeça (graças ao capacete não machuquei). Fui ajudada por corredores e expectadores. Ela mesma, pediu desculpas e foi embora. Um senhor japonês, corredor, perguntou se eu queria ir pra ambulância. Pensei "to na maratona de NY. Eu vim aqui pra terminar!" Não sei de onde eu tirei forças, pois sentia muita dor. Mas quando passei naquela linha de chegada, foi só emoção. chorei muito! Fui levada por uma voluntária para tirar uma foto no painel da prova e encontrei o Tubino, nosso amigo da academia. Ele me ajudou a pegar água e uma maçã e encontrar um voluntário que pudesse me ajudar, pois ele não podia passar pela área dos deficientes. Um americano veio me ajudar, e quando perguntou de onde eu era, começou a falar um pouco de português comigo. Ele me levou até o guarda-volumes dos cadeirantes. Ele e voluntários da Achilles me ajudaram a passar pra minha cadeira do dia a dia (eu não aguentava mais ficar encurvada na de corrida). Pedi pra ir ao banheiro, de onde mandei um áudio num grupo de amigos (grupo que o boy ta) chorando e contando o que houve. Eu estava muito emocionada ainda. Dali fui levada pra tenda médica. Os médicos são muito cuidadosos. Quando eu disse que bati a cabeça, começaram a perguntar se eu sabia meu nome, se eu sabia onde estava. Mas eu só queria gelo pro meu ombro e minha escápula que doíam muito. O Márcio tinha largado 1 hora depois de mim. Mesmo eu tendo feito um tempo bem acima do que eu queria, perdido tempo com parafuso, queda e tal... a lógica seria que ele chegasse bem depois de mim. Quando ele terminou, me ligou dizendo que, mesmo estando com a pulseira de acompanhante, não o deixaram ir pela saída dos deficientes. Ele demorou quase mais 1 hora pra dar a volta e me alcançar. Estava muito frio e os voluntários me deram manta térmica, sopa quente e chocolate quente. Foram maravilhosos demais! Um deles, inclusive, tentou ir atrás do Márcio, pra tentar fazê-lo cortar o caminho e vir me encontrar logo, pois eu não conseguia nem mexer o braço. Quando ele finalmente chegou, choramos muito ao nos abraçarmos. Ainda ganhamos uma carona da Achilles NY para o hotel Sim, realizei meu sonho e trouxe a medalha da minha 7° maratona, a de NY, pra casa! "Ai, Dani. E como é correr a maratona pra quem anda?" Com a palavra, o boy! "Chegamos em Nova Iorque já cercados por placas da maratona. Isso faz a gente entrar no clima da prova. Querer trocar de roupas e ir direto para o Central Park fazer um treino e postar( somente os blogueiros entenderão). Assim que acordamos, aquela sensação de adrenalina com nervosismo toma conta de você! Já saímos do hotel acelerados, tipo treino de tiro. Uma mistura de euforia com aquela vontade que logo deem a largada da prova. Já na concentração, enquanto eu ajudava a Dani a se aprontar, revezava os aquecimentos, com idas ao banheiro e donuts com chocolate quente. Uma prova com donuts de graça? Já é um sonho! Logo que deu a largada, filmei um pouco pra deixar registrado aquele momento único. Afinal, era a minha primeira Major! Nessa prova tudo é alegria, desde as horas que você passa nos postos de hidratação, quanto pelo caminho. Curti cada momento, mas sempre cuidando meu ritmo, pois embora fosse minha quarta maratona no ano, não tinha treinado nada para ela. Achei um ritmo confortável com pace 5 e fui. Subidas, descidas, curvas, tudo eu controlava com precisão, pois sabia que depois do km 30, meu corpo sentiria o cansaço. Sofri muito durante o percurso, pois as subidas eram muito mais do que o esperado, muitas mesmo! No km 24 passamos pela ponte do Brooklyn(eu acho! Pois eram muitas!!!), e ali eu vi que seria difícil manter aquele ritmo. Foi uma subida de 1 milha(1,6km) intermináveis! Minhas pernas acabaram!!! Então pensei: "Bom, se não vou terminar num tempo que eu queria, vou curtir a prova!", e dali para frente, eu bati em cada mão que o público dava, comi doces, bolos, chocolate, etc... curti a prova até mais que a Maratona da Disney! La no km 38 foi que bateu o desespero. Por que??? Por que entramos no Central Park!!! E pra segurar o choro como faz? Foi incrível!!! A multidão te apoiando! Gritando! Dizendo que a chegada estava logo ali! Foi demais!!! Só de escrever já senti um arrepio! E a chegada então? Essa sim! Valeu! Valeu cada segundo corrido, sofrido! Cada dor, sede, fome e cansaço! Somente quem corre sabe o quão grande é a vitória de um maratonista contra ele mesmo. Não importa se você termina uma maratona em 3, 4, 5, 8 ou 9 horas... O que vale e sua vitória pessoal! Mostrar pra você que consegue, que pode vencer qualquer obstáculo ou dificuldade. E um maratonista sabe muito bem o caminho sofrido que foi para chegar naquela linha final. Treinos, alimentação, dieta, abrir mão de festas, bebidas. E o mais legal, sentir dor e gostar! Não gostar da dor, mas saber que aquela dor foi porque você venceu mais um treino, uma prova, um limite do seu corpo e mente. Quando e a próxima???" Como se inscrever pra maratona de Nova York? Há várias maneiras diferentes de você se inscrever pra TCS New York City Marathon. A primeira delas é entrando no site da prova e entrar no sorteio (clique na opção DRAWING). É um sorteio mesmo. Você paga uma taxa simbólica (que é doada para instituições listadas no site) e "concorre" à uma vaga. É assim com todas as Majors Marathon. Por isso você, se já corre, vai ver a comunidade dos corredores do mundo desesperada quando "abre o sorteio" de tal prova. Se você for sorteado, será avisado por e-mail e o valor da inscrição será debitado do seu cartão de crédito. A inscrição por sorteio é mais barata que outras formas que colocarei a seguir. Para correr em 2019, a inscrição para o sorteio vai de 14 de janeiro a 14 de fevereiro. O site oficial para inscrição é esse Outra forma de se inscrever, é fazer uma doação para instituições listadas no site da prova. Porém, o valor costuma ser bem alto para meros mortais que ganham em reais! É por isso que a gente vê tantas pessoas em provas fora do país correndo para arrecadar fundos. É pra essa doação. Outra forma de se inscrever é comprar um pacote de agências de viagem especializadas em corrida. O valor da inscrição é tabelado pela organização (mais alto do que o valor do sorteio, por isso o desespero para ser sorteado). Junto no pacote você compra hotel pelos dias da prova, o transfer para a largada e algumas agências oferecem mais algumas coisas. Depende de cada uma. Para NY, o Márcio comprou o pacote da TravelRun e eu comprei o hotel e o transfer deles. Mais uma forma de se inscrever é se você tiver índice. Cada Major Marathon estipula um tempo máximo, separado por faixa etária, para os corredores completarem uma maratona. Completando abaixo do índice da sua faixa etária, você envia o comprovante do tempo (geralmente o link com os resultados oficiais da prova que você correu) e paga a taxa como se tivesse sido sorteado. O prazo para pedir sua inscrição por índice também vai de 14 de janeiro a 14 de fevereiro de 2019.
Alexa Rank
1,000,001
Música é a nossa religião.. Cantando a gente inventa. Inventa um romance, uma saudade, uma mentira… Cantando a gente faz história. Foi gritando que eu aprendi a cantar: sem nenhum pudor, sem pecado. Canto pra espantar os...
Alexa Rank
1,000,001
Ela.. Sem ele.. "Nós todos estamos na beira de um penhasco. Todo o tempo, todos os dias. Um penhasco que todos iremos pular. Mas nossa escolha não é sobre isso. A escolha é se queremos ir a força e gritando. Ou se...
Alexa Rank
1,000,001
Música Popular Brasileira. Cantando a gente inventa. Inventa um romance, uma saudade, uma mentira... Cantando a gente faz história. Foi gritando que eu aprendi a cantar: sem nenhum pudor, sem pecado. Canto pra espantar os...
Alexa Rank
1,000,001
No Konforme - Punk Rock desde Vallekas. No Konforme es un grupo de Punk-Rock Vallekano. Desde 2006, gritando contra la injusticia desde las calles y escenarios.
Alexa Rank
1,000,001
Discos Juanaka. Colección de Discos de Juanaka. Más de 500 Discos || Korn , Marilyn Manson , A tribute to Marilyn Manson , Cannibal Corpse , Limp Bizkit , Machine Head , Deftones , The clash , Skinlab , Slayer , Rage against the machine , Pantera , Metallica , Tu Madre Es Puta , Sober , Slipknot , Murderdolls , Ratos de Porâo , Offspring , The doors , Old Legend , Pendulum , Anthrax , Biohazard , Coal Chamber , Chimaira , Staind , Napalm Death , Hatebreed , Cradle of Filth , Faith no More , My Ruin , Tura Satana , Concrete tree , Alhandal , Soziedad Alkolika , Self portrait , NoKout , Sandalinas , Estirpe , Verdugo , Psyksoul , Mojinos Escozios , Metal Alternativo Volumen 2 , Skizoo , Mudvayne , Evanescence , The Kagas , Extremoduro , Vikingo M.D. , Narco , Anal Hard , apocalyptica , Rammstein , Second Silence , amimishock , Disturbed , Victory Style III , Fragment Records 2009 , Festimad 03 , Ozzfest 2001 , Mistic Music Festival , Viña Rock 2000 , Generationext music 1998 , Universo Sonoro 4 , Version Imposible El Jueves , Agradecidos...Rosendo , StillDawn , Vertigo 3 , Teen Spirit , A tribute to Ramones , +BRNK , Sepultura , Society 1 , System of a down , Red Hot Chili Peppers , Prodigy , Guano Apes , Rob Zombie , Nirvana , Soulfly , Pearl Jam , Powerman 5000 , Digeroo , Pennywise , No Doubt , Beastie Boys , Deep Purple , Led Zeppelin , House of pain , Brujeria , Linkin Park , 8 Mille , El dia de la Bestia , The Crow , Dracula 2000 , Matrix , School Killer , Deadman on Campus , Lost Highway , El proyecto de la bruja de blair 2 , House of Wax , Esto no es otra tipica pelicula americana , Kill Bill 2 , Resident Evil , Queen of the Dammed , Matrix Reloaded , Mike OldField , Mago de Oz , Los Chikos del Maiz , Heroes del Silencio , M-Clan , Camaron de la isla , Blindfall , Dogbowl , Anámnesis , Desakorde , Raw Inside , Baron Rojo , Siddharta , Deviot , Dead Means Nothing , Rata Blanca , State Murders , El Altar del Holocausto , Truth Through Fight , Vindicatio , Twenty Fighters , Dancing for faint , Flaming Dolls , Greyhounds , Waiting for sunset , Huecco , Coilbox , Medina Azahara , Hamlet , Sindicato del Crimen , Little Pepe , Bob Marley , Capaz , Dawn of The Maya , Suicide Silence , Docka Pussel , Children of Bodom , Virgen , HIM , Rapsusklei , SKA-P , Marea , Terroristars , Reincidentes , Hora Zulu , A Palo Seko , Kannon , Molotov , Despistaos , Triana , Def Con Dos , Ktulu , Jacky Trap , Ratones Koloraos , Sugarless , Paralisis Permanente , Aerosmith , Queens of the stone age , La Fuga , Dover , Xkrude , Cuernos de Chivo , Skunk D.F. , 40 años de memoria persiste , Escuela de Odio , Arma X , Lendakaris Muertos , KITAI , Guns n Roses , Avulsed , Herejes , Subversion X , Avalanch , El fantástico hombre bala , Green Day , Cypress Hill , Brutal Thin , Eminem , Iron Maiden , Scorpions , Bunbury , Rancid , UMMO , Riot Propaganda , The Meas , Area 62 , Aphonnic , Soziedad Alkoholika , Discos Macarras , Grajo , Santo Rostro , Kortatu , Platero y Tu , Piratas , Gigatron , P.O.D , Andrew W.K. , HOLE , Asian dub Foundation , Crazy Town , The Offspring , Proyecto Eskhata , XpresidentX , Antílopez , Porretas , Eminen , white zombie , Sacristía , Trivium , Gritando en Silencio , skaP , Mastodom , F.K.U , Jinjer , V3ctors , Vortice , Lords of Bukkake , Alpaca , Treitum , Cabeza de Cabello , Convulsions , Cabestro , Hyrania , selvə , Svdestada , Skunk D.F , Vaginal Kebab ,
Alexa Rank
1,000,001
Hell And Strings | Todo sobre el mundo del Rock y el Metal. Todo sobre el mundo del Rock y el Metal
Alexa Rank
1,000,001
Twitter. Escuela de Padres y Profesionales
Alexa Rank
1,000,001
La pupila insomne | …Oh, la pupila insomne y el párpado cerrado. Rubén Martínez Villena. ...Oh, la pupila insomne y el párpado cerrado. Rubén Martínez Villena
Alexa Rank
1,000,001
Show festa infantil l SP l Palhaço Mágico Rabanete. Show 3 em 1 - Mágicas,Palhaçadas e Ventriloquia. 30 anos alegrando crianças da Grande São Paulo. Palhaço Mágico Rabanete
Alexa Rank
1,000,001
Twitter. Escuela de Padres y Profesionales
Alexa Rank
1,000,001
Confissões de uma bêbada.
Alexa Rank
1,000,001
Jorge Díaz | Sitio oficial del dramaturgo Chileno. Biografía Jorge Díaz Gutiérrez (1930-2007) - Sitio oficial del escritor y dramaturgo chileno Jorge Díaz. - Jorge Díaz (1930-2007), autor con más de 100 obras de teatro para adultos y 37 obras de teatro infantil; publicó más de 50 libros en Chile, España y otros países. Premio Nacional de Artes de la Representación y Audiovisuales de Chile 1993. Entre sus obras teatrales más conocidas figuran El cepillo de dientes (1960), Topografía para un desnudo (1965), Toda esta larga noche (1976), Las cicatrices de la memoria (1984), Nadie es profeta en su espejo (1990), Canción de cuna para un anarquista (2003), El Quijote no existe (2005).
Alexa Rank
1,000,001
a_reflexiva. A questão é só parar e pensar, não em tudo o que acontece, mas em tudo em que você vive.
Alexa Rank
1,000,001
Musikota | Fotos, vídeos y crónicas de los eventos musicales más importantes. Blog de musikota
Alexa Rank
1,000,001
El Circo del AMOR – Llega una nueva funcion del circo del amor. Entrada solo para el niño interior.. Llega una nueva funcion del circo del amor. Entrada solo para el niño interior.
Alexa Rank
1,000,001
Vans Bowie,Vans Mujer,Vans Outlet | Vans Bowie,Vans Mujer,Vans Outlet
Alexa Rank
1,000,001
Mitos Y Leyendas Urbanas. mitos y leyendas urbanas, creepypastas impactantes, terrorificas, sangrientas, las mas sangrientas y terrorificas de todo el mundo.
Alexa Rank
1,000,001
MIRA LOS VIDEOS ONLINE O DESCARGALOS POR MEGA !!
Alexa Rank
1,000,001
Confissões de uma Poeta. Ninguém mandou ter esse sorriso perfeito, essa boca que pede por um beijo meu, esse cheiro que me deixa completamente sem rumo, esse olhar que me desmonta por inteira ou esse jeito que me deixa...
Alexa Rank
1,000,001
WILLSTTACCA
Alexa Rank
1,000,001
Xvideos Amador | Vídeos Porno | Filmes de Sexo | Xvideo Porno. Xvideos 10 : Melhores Videos Porno grátis com brasileiras transando, Xvídeos brasileiro e videos de sexo com novinhas safadas. Xvideo Porno e filmes de sexo.
Alexa Rank
1,000,001
Besouros.net. E-zine / Website sobre punkrock, hardcore, metal, rock e msica para gritar! Notcias, resenhas e fotos de shows, entrevitas, promoes e agenda!
Alexa Rank
1,000,001
Besouros.net. E-zine / Website sobre punkrock, hardcore, metal, rock e msica para gritar! Notcias, resenhas e fotos de shows, entrevitas, promoes e agenda!
Alexa Rank
1,000,001